Fire Play

por | mar 1, 2018

“A alma é uma fogueira que convém alimentar, e que se apaga dado que não se aumente.” Voltaire

Fire Play é uma Temperature Play que envolve usar a chama próxima ou no própria pele. A fire play geralmente é considerada uma forma de edge play, sendo uma prática muito excitante e sensual também vem recheada de grandes perigos.

Embora as cenas de fire play pareçam bem dramáticas, a maioria das cenas não é realmente dolorosa. Ela raramente deixa marcas na pele, embora algumas pessoas deliberadamente queimem a pele pra deixa-la vermelha e irritada. 

Como toda prática BDSM considerada como Edplay a Fire Play também envolve alguns riscos, nas mãos de pessoas sem prática e entendimento esses riscos aumentam exponencialmente, mas nas mãos de quem masteriza, estuda, conhece os instrumentos e com o foco certo os riscos são reduzidos a níveis seguros. Antes de mais nada esse post não serve como aula, já que nada substitui a experiência real de um Mentor.

Considerações de Segurança

  • Inspecione seu equipamento antes de começar uma cena. Em particular bastões ou tochas que sejam feitos de madeira. Tenha certeza que as cabeças estão bem presas e que os bastões não estão queimados, seria horrível ver uma bola de fogo rolando pra debaixo do sofá não?
  • Mantenha o excesso de combustível longe da cena. Se um acidente acontece você quer que o combustível em risco seja bem limitado.
  • Álcool viaja para baixo, chamas para cima. É difícil fazer uma fireplay segura em uma pessoa que esteja de pé ou sentada
  • Evite piercings, o metal pode ficar muito aquecido e o álcool pode entrar nas perfurações
  • Evite exposição prolongadas em marcas, partes vermelhas ou pele que pode estar sensível por qualquer que seja a razão
  • Fire Play NÃO é uma forma de sadismo, é uma forma de sensual play e dor não é intencional. Se você quer causar dor escolha outro tipo de prática. Fogo, e a reação da pele a ele, é simplismente muito imprevisível e perigoso para causar dor intencional.
  • O top NUNCA deve entrar em pânico, se algo inesperado acontecer (e eventualmente vai!) você precisa ser rápido, frio e calculista. Foco, foco, foco…
  • Pratique, pratique e quando achar que já deu, pratique mais um pouco. Tops podem praticar no vidro ou granito para sentir e entender as propriedades da chama gerada pelo alcool, para aprender o tempo e saber como extinguir o fogo. Depois o Top pode evoluir para as prórpias coxas para entender as reações e sensações  físicas causadas pelo fogo.( Nota: quando for praticar em si, mantenha fluido e chama longe, você não quer pular por acidente e derramar fluído e vela causando um incêndio)
Essas precauções podem ser um pouco massantes e parecerem chatas, mas elas realmente precisam ser feitas. Entretanto, com o conhecimento e cuidado corretos a Fireplay pode ser considerada uma prática de baixo risco quando comparada com outros tipos de BDSM Edge Play.

Mas isso é um exemplo do que pode acontecer se você não tomas as precauções necessárias.

O perfil dela está no fetlife: Lady Salicin  (http://fetlife.com/users/460614)

“Olheiros/Spotters”

As cenas de Fireplay mais seguras (especialmente as públicas) envolvem o uso de um “Olheiro”. Um Olheiro é um assistente do Top que ajuda o Top assumindo a responsabilidade por tarefas variadas para ajudar o Top a se concentrar mais completamente no que estão fazendo. É importante que o Olheiro seja muito bem treinado, calmo, calculista e composto em circunstâncias emergenciais. Um Olheiro que entra em pânico ou é imprevisível poderia ser muito mais perigoso que não ter auxílio nenhum. Cada Top delega as tarefas do Spotter a medida que acham necessário.

  • O trabalho pincipal do Spotter é proteger o bottom. Eles não devem se distrair com nada, e devem estar muito focados na segurança do bottom. Em uma emergência o Spotter deve progeter o bottom PRIMEIRO, mesmo que o Topo e/ou o espaço esteja pegando fogo
  • Eles devem saber de cor procedimentos para apagar fogo, localização dos fluidos, caixa de primeiro socorros, gelo, água, etc.
  • Eles devem manter a multidão a uma distância segura. Pessoas são atraídas pela Fireplay, como mariposas as chamas. O Spotter deve mante-los longe do alcance da cena para que o público não derrube acidentalmente combustível, equipamento ou algum perigo presente.
  • O Spotter irá auxiliar o Top passando as mãos pela pele do bottom, além de acalmar o bottom, a função principal é procurar por lugares quentes. Se algum lugar for encontrado eles devem comunicar silenciosamente ao Top que área deve ser evitada até que ela esfrie.
  • O Spotter deve conhecer bem as técnicas e ferramentas que serão utilizadas pelo Top. Eles nunca devem ter medo de apagar uma chama que acham que pode se tornar um problema, ou apontar algo para o Top que seja motivo de preocupação. O Top vai entender!

 

O equipamento

  • Álcool Isopropil, da farmácia mesmo. Opiniões variam entre usar álcool 70% ou 90%. o 90% vai queimar mais quente, enquanto o 70% queima mais frio. Muitos aconselham 70% para bouncing/streaking e 91% para FireCupping.
  • Uma tigela de vidro, cerâmica ou metal que não corra o risco de virar, para armazenar o álcool. Eu utilizo vasilhas de cêramica, daquelas que usamos para tomar sopa ou comer sucrilhos
  • Uma vela baixa e larga que não corra o risco de virar. As vem em um copo de vidro são preferiveis.
  • Um bastão de fogo, em um outro post ensino como fazer. Use apenas materiasi 100% algodão para seus bastões, sintéticos como nylon. rayon ou poliester vão derreter, seu bastão vai falhar eles vão pingar no seu bottom.
  • Uma bandeja grande com abas (para conter vazametos ou derramamentos) para que sejam armazenados todos os equipamentos acima (eu uso forma de bolo)
  • Toalha molhada em forma de sanfona na posição que seja de alcance mais fácil
  • Uma toalha de mão seca
  • Extintor de incêndio
  • Kit de primeiros socorros que incluí bolsa de gelo, creme para queimaduras, creme bactericida, Etc…
  • Ambientação correta, musica, iluminação, etc.
  • (Opcional) Óleo de bebe (Que é na verdade óleo mineral adicionado de fragância, tente fazer o seu com um óleo aromático

Técnicas

Existem muitas técnincas diferentes que podem ser feitas utilizando fogo, aquei são vamos mostrar as mais comuns. Consulte um Mentor para te guiar em como realmente realizar essas técnicas.

  • Dragging (arrastando) – Um bastão aceso é passado contra a pele formando uma linha longa ou outro padrão, enquanto isso a mão livre segue o rastro do fogo assegurando que a chama é apagada.
  • Boncing (quicando) –  Um bastão aceso é batido contra a pele do bottom, como se estivesse tocando uma bateria. Você pode bater com o bastão com força suficiente para apagar o bastão, faça-o sentir, mas cuidado pois o impacto pode causar uma pequena bola de fogo, tenha sua mão livre preparada para apagar a chama.
  • Drawing (desenhando) – Uma linha ou padrão é desenhado com um bastão apagado embebido em fluído, deixando um rastro de alcool na pele. Um bastão aceso é utilizado apara acender o desenho. Como sempre a mão livre segue o rastro da chama assegurando que ela foi apagada.
  • Bare hand (mãos nuas) – A mão do Top é mergulhada em álcool e então acesa. Dependendo da tolerância do Top a mão pode ser acariciada contra a pele ou simplesmente servir para dar tapinhas com impacto suficiente para apagar a chama.
  • Gloves (luvas) – Uma luva de Kevlar pode ser utilizada pelo Top, acesa e depois pode-se acariciar, bater, etc. Tenha cuidado, o calor dentro da luva pode acarretar queimaduras ao Top, então quando começar a sentir um calor desconfortável, dê uma pausa
  • Flash Cotton – Flash cotton, podem ser amaciados com um pentinho e depois colocados sobre a pele e então acesos. Desenhos podem ser criados com pequenos chumaços de algodão. Isso gerará uma bola de fogo rápida que gera muita luz e calor, o que pode assustar o bottom, então tenha cuidado para afofar bastante o algodão. Algodão empacotado muito apertado vai queimar mais quente e por mais tempo. Antes de praticar no bottom teste na sua coxa.
  • Fireballs (bolas de fogo) – Um borrifador que gera uma névoa muito fina é cheio de alcool. O bastão aceso deve ser segurado a cerca de um metro do bottom e um esguicho deve ser jogado acima do bastão aceso. Isso vai gerar uma bela bola de fogo que fará muita luz e calor. Pratique até entender a que altura sua bola de fogo irá chegar. Lembre-se do teto.
  • Firecupping – Um bastão aceso é esfregado dentro de uma ventosa esquentando o ar dentro dele, rapidamente o Top aplica a ventosa ao corpo de bottom, o ar que esfria gera um vácuo. Para muitos bottons essa prática é comparada a uma massagem erótica.
  • Violet Wand – Um rastro de álcool pode ser feito na pele do bottom e a violet wand pode ser utilizada para acender.
  • Devils Fire (Cell popping) – Uma agulha de dissecação pode ser esquentada e depois a ponta quente é aplicada rapidamente na pele. Isso causa a umidade da pele a estourar ou dar “pop” na célula de pele. Pequenos pontos podem ser utilizados para criar um desenho maior. A quantidade de endorfina experimentado pelo bottom é intensa. Geralmente essa técnica é utilizada como branding temporário. Algumas pessoas utilizam canetas de cauterização por serem mais precisas, mas o processo é essencialmente o mesmo.
  • Fire Flogging (chicote de fogo) – Utiliza um chicote de Kevlar especial. Essa é uma técnica avançada e consiste basicamente em utilizar o chicote rapidamente sobre a pele do bottom.

Lady Eve

"And it's so easy when you're evil
This is the life, you see
The Devil tips his hat to me
I do it all because I'm evil
And I do it all for free
Your tears are all the pay I'll ever need"
-Voltaire, When you're evil